Wueby! a Rede Social

Wueby! a Rede Social
Crie Uma Conta no Wueby! a Rede Social Brasileira!

quarta-feira

Entrevista com a banda punk, Misfits

 O blog RockForc este mes faz uma Resenha das entrevistas mais acessadas que foram publicadas no ano passado pelo site Universo do rock.

 (REVEJA) Entrevista retirada do site Universo do Rock 
publicada em Abril/2012

Por Adriana Camargo

Há mais de trinta anos, no auge do movimento punk, o Misfits entrou para o estrelato para nunca mais sair, com seu visual peculiar e o som rápido e de peso. Hoje, com Jerry Only (baixo/vocais), Dez Cadena (guitarra) e o mais recente membro da tríade, Eric "Chupacabra" Arce (bateria), apresenta o lançamento de seu primeiro álbum de inéditas em 12 anos, o ótimo “The Devil''''s Rain”.















E o público brasileiro que não pôde assisti-los no ano passado, ganha mais uma oportunidade única de conferir o som dos caras, junto com o Anthrax, no dia 27 de abril no Hsbc Brasil. No repertório, sucessos como Halloween, Vampira, Mommy, Can I Go Out and Kill Tonight?, Dig Up Her Bones, American Psycho e a intro, Hybrid Moments, Die Die My Darling, Astro Zombies, Skulls, Forbidden Zone, Last Caress, We Are 138, Helena, clássicos dos Ramones e do Black Flag, além de covers de músicas dos anos 50.

ENTREVISTA:

1. O que é mais importante para vocês nesta longa carreira da banda?
R: Manter as coisas simples, básica e direta ao ponto. Acima de tudo, não se transformando em uma ‘commodity’. Permanecendo no subsolo, mas inspirando pessoas com o que nós fazemos.

2. Quais são suas principais influências musicais?
R: Iggy e os Stooges, Ramones, The Clash, The Damned e antes o David Bowie ... E antes disso, o classic rock and roll da década de 1950.

3. O fato de ter escrito três músicas no álbum do Metallica o que agregou a carreira do Misfits? Você acha que ajudou a espalhar a mistura do metal com punk rock?
R: O Metallica trouxe a consciência de toda uma nova audiência que devido a problemas legais com o Misfits, não foram capazes de iluminar com a nossa escuridão no momento. Felizmente, em 1995 estávamos de volta a fazê-lo nós mesmos.

4. Quem criou o crânio (The skull) que é o símbolo da banda?
R: Deus!

5. Como tem sido a receptividade dos fãs em todo o mundo para o álbum "THE DEVIL''S RAIN"?
R: Estou muito feliz com a reação que o novo álbum tem recebido. Eu acho que nossos fãs mais jovens tendem a gravitar para o novo material, e os nossos fãs mais velhos se orgulham do nível de tocar que a banda tem sido capaz de segurar, enquanto permanecemos fiéis às nossas raízes.

6. Qual sua expectativa para vir tocar no Brasil com o Anthrax?
R: Espero que todo o inferno se liberte! Meu passeio mais agradável foi a nossa turnê Ressurrection, em 1996, com o Canibal Corpse, o Anthrax e o Life of Agony. Uma mistura de diferentes estilos de música que parecem realmente inflamar o público. Sua gasolina é como um jogo.

7. Deixe uma mensagem aos seus fãs brasileiros
R: Como o Misfits viaja pelo mundo, quando as pessoas me perguntam: "Onde você vai fazer o melhor show", eu sempre digo a América do Sul. Lá tem os maiores fãs e mais intensos para a música punk. É sempre um grande momento voltar para aqueles que realmente apreciam o esforço que fizemos ao longo dos últimos 35 anos com o Misfits!

VEJA MAIS
 SITE OFICIAL: www.misfits.com

Nenhum comentário: